Unicamp sugere novo protocolo para detectar vírus da zika em placenta – G1

Cientistas apontam que maior representatividade de amostras aumentaria chance de diagnóstico, e poderia esclarecer casos em que bebê nasce com microcefalia e cuja mãe não apresentou sintomas da infecção durante a gestação.

Uma pesquisa desenvolvida na Unicamp, em Campinas (SP), promete auxiliar no diagnóstico do vírus da zika em casos de bebês que nasceram com microcefalia e a mãe não apresentou sintomas da infecção du…

Ver artigo completo em Globo

Deixe um comentário